Damares ironiza tentativa do PT de atrair evangélicos: “Corrupção é pecado”

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves. ironizou neste domingo (5) a tentativa do Partido dos Trabalhadores (PT) de atrair os evangélicos, já que a sigla é ideologicamente contrária aos princípios cristãos.

Através de sua conta no Instagram, Damares afirmou que adoraria explicar sobre sua fé aos membros do partido, já que a sigla tem buscado atrair os eleitores deste segmento.

Segundo o Painel da Folha, o partido pretende alcançar o principal eleitorado de Jair Bolsonaro, mas  sem abrir mão da visão ideológica distorcida que eles defendem.

Damares destacou o que foi apontado pelo Gospel Prime, de que aquilo que o PT defende é contrário as doutrinas bíblicas e Deus “abomina” os conceitos do partido.

“Por favor, peçam para os membros do tal núcleo virem aqui falar comigo. Adoraria explicar aos membros do núcleo que evangelho e comunismo não combinam”, comentou.

Em seguida, a ministra reforçou que “adoraria explicar” que corrupção é pecado e que “Deus abomina o aborto, a pornografia, o vício, a mentira e o roubo”.

“Adoraria explicar a eles que corrupção é pecado. Adoraria também dizer a eles que Deus abomina o aborto, a pornografia, o vício, a mentira e o roubo. Peçam para os tais membros do núcleo vir falar com uma terrivelmente evangélica”, escreveu.

O Partido dos Trabalhadores é ideologicamente alinhado com o Comunismo, um dos maiores perseguidores ao Cristianismo, além de defender temas contrários aos princípios cristãos.

Fonte: Gospel Prime